Delegar tarefas e aprender a liderar: dois desafios das 7 crises empresariais

No segundo artigo a respeito das 7 crises, vamos abordar os problemas de delegação e de liderança, que podem contar com a contribuição de uma consultoria de negócios

Delegação e liderança são duas competências discutidas com frequência no universo dos negócios, pois influenciam diretamente no desempenho das empresas, motivando e unindo colaboradores em prol de um objetivo comum: o sucesso da companhia.

As 7 crises das empresas

1 – Crise inicial

2 – Crise do Capital de Giro

3 – Crise de Delegação

4 – Crise de Liderança

5 – Crise da Expansão

6 – Crise da Prosperidade

7 – Crise da Sucessão Administrativa

Crise de delegação

É natural que, quando uma empresa comece a crescer, os empresários ou sócios-fundadores precisem delegar tarefas que, antes, eram executadas por eles mesmos. Enquanto as atividades dos empreendedores vão crescendo, o tempo reduz na mesma proporção. Por isso, aos poucos, os gestores empresariais precisam se focar nas atividades estratégicas, deixando para outros colaboradores questões táticas e operacionais.

Delegar não é abdicar. Delegar é informar, capacitar e monitorar. A centralização infantiliza a equipe, que está sempre esperando um OK do chefe para se mexer. A equipe não pensa, não tem responsabilidade e não decide. A centralização inverte a hierarquia, uma vez que o chefe, ao concentrar todas as decisões, gera um bloqueio no fluxo de operações, levando o funcionário a cobrar da chefia agilidade nas decisões.

Por vezes, abrir mão de certas tarefas é um trabalho complicado para muitos líderes, resultando em uma crise de delegação, que faz com que a empresa deixe de executar atividades com a mesma qualidade de antes, perdendo clientes e mercado. Você não quer que a capacidade de produção da empresa fique limitada ao seu limite produtivo, certo?

Se há dificuldade em delegar tarefas, as empresas podem contar com o apoio de uma consultoria de negócios, capaz de ajudar a identificar quais atividades devem ser prioridades para o empreendedor e o que deve ser distribuído.

Crise da liderança

Um bom líder sabe delegar e deixar que os colaboradores ou responsáveis executem as tarefas do jeito que entendem como mais efetivo. Por isso, a crise da liderança está intrinsecamente ligada à de delegação. Quando se obtém sucesso na divisão de tarefas, é necessário aprender a liderar e, sobretudo, motivar uma equipe em prol do crescimento empresarial.

Obviamente, ganhos financeiros e um bom salário são fatores importantes para ter sua equipe motivada, mas há outros pontos fundamentais, como compreensão e reconhecimento. Essas duas palavras podem até parecer batidas, mas são elas que fazem com que as pessoas tenham uma sensação de pertencimento à empresa e sintam prazer em integrar o ambiente de trabalho.

Há pessoas com uma empatia natural para liderar, mas se trata de um atributo que pode ser aprendido e do qual todos os gestores têm necessidade. Uma consultoria de negócios também pode colaborar com as empresas nos aspectos de liderança, corrigindo problemas que ocorrem nesta área ou até mesmo evitando que uma crise se desenhe por esse motivo.

Está em busca de uma consultoria de negócios? Quer evitar que sua empresa sofra com as 7 crises comuns ao universo dos negócios? Tire suas dúvidas com a Jaworski Consultoria.