Como analisar o desempenho do seu negócio

O planejamento estratégico das empresas costuma não funcionar. O motivo? Problemas de execução

Elaborar um planejamento estratégico é importante para que as empresas decidam qual caminho seguir e de que forma pretendem atingir seus objetivos. No entanto, um dos pontos fundamentais deste processo está em estabelecer indicadores (KPIs ou Key Performance Indicators) adequados para avaliar a performance do negócio, visto que, sem esse acompanhamento constante, é impossível efetuar as correções imprescindíveis para que não se perca de vista os objetivos traçados.

Veja algumas dicas para criar KPIs alinhados ao seu negócio:

- Eles devem influenciar diretamente no negócio, atendendo as necessidades empresariais de curto, médio e longo prazo;

- Os colaboradores precisam perceber os indicadores como algo relevante para o desempenho da companhia e de seu próprio desempenho;

- O acompanhamento deve ser realizado ao longo de todo o período estabelecido pelo planejamento e com a frequência adequada para cada indicador.

- As metas estabelecidas devem ser passíveis de ser atingidas, mas também desafiadoras.

- Para manufaturas ou processos produtivos, os indicadores podem ser avaliados até mesmo diariamente, quando houver a possibilidade de acompanhamento da produção em tempo real.

Tipos de KPIs

O Planejamento Estratégico define o que fazer e como fazer. Os indicadores devem criados para monitorar essa execução. É o painel de controle empresarial.

Com o apoio de uma consultoria empresarial focada em resultados, como a Jaworski, são identificados os indicadores másters do segmento em que a empresa atua, comparando os resultados obtidos com a média do mercado e seus concorrentes específicos, uma vez que, justamente nesse ponto reside o maior volume de perdas de lucratividade e rentabilidade. Confira alguns tipos de KPIs:

Lucratividade – envolve volume de vendas, segmentação das vendas, custo efetivo dos produtos vendidos, custos de comercialização e custos da estrutura.

Patrimonial – define as reais necessidades de capital de giro, o volume de recursos parados e geradores de custos financeiros e o nível de ociosidade dos imobilizados.

Rentabilidade – Busca avaliar a capacidade da empresa de gerar retornos sobre os investimentos. Esse indicador mede a capacidade de expansão da empresa e a sua capacidade de perpetuação ou liquidação.

No universo atual, cada vez mais as empresas contam com diferentes maneiras de avaliar o seu desempenho – o Uber, por exemplo, precisa analisar o número de motoristas cadastrados e a sua influência no meio digital. Por esse motivo, o planejamento estratégico bem alinhado não vai apenas indicar o caminho para atingir os objetivos propostos, mas também os meios para avaliar a performance, fazendo com que os resultados sejam efetivamente atingidos.

Está com dificuldade para elaborar um planejamento estratégico? Não sabe como analisar a performance da sua empresa? Entre em contato com a Jaworski Consultoria e encontre meios para se destacar no mercado.